SAUDADE: SENTIDAS PERDAS DO MUNDO DAS ARTES EM 2020

 

ULOZ.TO
SAUDADE: SENTIDAS PERDAS DO MUNDO DAS ARTES EM 2020

GOOGLE DRIVE
SAUDADE: SENTIDAS PERDAS DO MUNDO DAS ARTES EM 2020

TORRENT
SAUDADE: SENTIDAS PERDAS DO MUNDO DAS ARTES EM 2020

VEJA TAMBÉM – SAUDADE: SINGELA HOMENAGEM À ALGUNS QUE NOS DEIXARAM EM 2017
VEJA TAMBÉM – SAUDADE: PEQUENA LEMBRANÇA DE ALGUNS QUE NOS DEIXARAM EM 2018
VEJA TAMBÉM – SAUDADE: VÁRIOS TALENTOS QUE NOS DEIXARAM EM 2019

Créditos pelo tributo à David Prowse: Major Grin e Samuel Kim

13 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Muito bom dia, amigos.

    Ao publicar esta homnagem, eu tinha incluído na lista de homenageados o ator Martin Short. Graças ao amigo Perene que constatou o erro logo que a postagem foi publicada, eu pude retirá-la do ar para fazer a correção.

    Ao longo do ano, eu vou checando as notícias de falecimentos destes artistas para poder ir montando o vídeo e apresentá-lo no início do ano seguinte, já que é uma tarefa bastante trabalhosa. Todas as informações são checadas duas vezes, uma no IMDB e outra em algum fã clube do artista, uma vez que a grande mídia nem sempre informa estes acontecimentos, ou o faz com um rápido comunicado ou com uma pequena nota no canto da página. Assim, confiei em duas fontes com credibilidade bastante razoável. Mas a notícia era falsa. O ator está vivo e bem, graças a Deus.

    As informações já foram corrigidas, também, nos sites mencionados.

    Mesmo com checagem constante, sites como o IMDB aceitam edições de um grande número de colaboradores cadastrados e muitas vezes erros acontecem. Mas eu fico pensando em que tipo de doente se diverte espalhando uma notícia falsa sobre a morte de alguém.

    Ainda assim, mantenho a esperança de um mundo melhor em 2021, mesmo com a estupidez de algumas pessoas que parecem viver uma vida tão infeliz que sua única satisfação parece ser prejudicar a vida dos outros. Mantenho esta esperança até porque acho difícil 2021 ser um ano pior do que foi 2020.

    Feliz 2021 a todos.

    1. Linda homenagem Don Costa. Essa música “time” da banda The Alan Parsons Project parece com uma música do Dave McClean (Dave Maclean – Me And You), mas a letra é mais parecida com “Tears in Heaven” de Eric Clapton. Na letra dessa linda música da banda The Alan Parsons a vida é o tempo, e esse tempo, flui como um rio em direção ao mar, pois quem sabe quando nos encontraremos outra vez? Infelizmente essa é a dura realidade da vida, uns vivem muitos anos, outros tão pouco tempo, alguns passam dos 100 anos (caso de Kirk Douglas, Olivia De Havillan, Marge Champion) outros viveram quase 100 anos (Carl Reiner, Leonardo Villar, Rhonda Fleming, Gene Reynolds, Honor Blackman). Por outro lado, Logan Willians não chegou aos 20 anos, que pena. Lamento também aqueles artistas que morreram vítima de Covid 19, caso do ator Eduardo Galvão, das carismáticas e inesquecíveis Nicete Bruno e Daisy Lúcidi, de Daniel Azulay, do carismático Gésio Amadeu, do apresentador Rodrigo Rodrigues, dos atores americanos Allen Garfield, Mark Blum, Trini Lopez, que não tiveram a despedida que mereciam. Lamento muito aqueles artistas que cometeram suicídio, como o ator Flávio Migliaccio e da atriz japonesa de apenas 40 anos, sem julgamentos, porque ninguém sabe o que eles enfrentavam e passavam.
      Eu fiquei surpreso com artistas que partiram e eu não sabia, como o ator durão Brian Dennehy, do ator Tom Lister Jr, da atriz Galyn Gorg, do ator mexicano Ricardo Blume, da atriz Conchata Ferrel. Enfim, fica a minha homenagem a esses 89 artistas, aos geniais (Sean Connery) e mesmo aqueles que não víamos o rosto (David Prowse), e aqueles que estavam começando a fazer sucesso e morreram precocemente como Chadwick Boseman.
      Faltou só o cantor Little Richard.

      1. Boa noite, Ely.

        Sempre gostei do trabalho do Alan Parsons, seja com trabalhos próprios ou como engenheiro de som (The Dark Side of The Moon – Pink Floyd). Essa música é um pouco triste, mas a letra é bem adequada. Deixá-la com 10 minutos sem retalhá-la com cortes aparentes exigiu um pouco de trabalho, mas foi necessário, dado a quantidade de homenageados deste ano, maior que as dos anos anteriores. Obviamente a pandemia tem muito a ver com isso.

        Num projeto como este sempre encontraremos nomes que ficaram de fora, principalmente porque a lista contempla um grande período de tempo (1 ano) e a indústria do entretenimento abrange um grande número de profissões. Mas consegui reeditar o vídeo em um curto espaço de tempo inserindo o grande Little Richard, que além de participar de trilhas sonoras, também marcou presença em vários filmes e seriados. Com destaque para a palavra “marcou”, pois sua presença é impossível de não ser notada, qualquer que seja o personagem que esteja interpretando.

        Feliz 2021.

  2. Muito triste mesmo todas essas mortes.

  3. Que ano… que ano!

  4. Muito triste essas perdas. Mas, eu acredito que faltou incluir nesse vídeo o Araken Saldanha e o Fernando Vanucci.

    1. Boa noite, Canalla.

      Listas assim nunca estão completas e sempre faltará alguém, principalmente devido ao longo período de tempo abrangido pelo projeto (um ano) e à ampla gama de profissões existentes na indústria de entretenimento. A falta de divulgação da mídia sobre estas perdas também não contribui para a memória destes artistas.

      Mas pude inserir as suas sugestões no vídeo, agora atualizado.

      Feliz 2021.

  5. Todos os anos vemos partir grandes personagens do mundo das artes e tais perdas representam um impacto muito grande, por terem sido parte preponderante na formação cultural de varias gerações e em especial aqueles que por meio do cinema nos inspiraram e ajudaram a dar vida a personagens , mitos e lendas.
    A morte é o inevitável da vida e quando ocorre em especial no mundo do cinema me causa a sensação de que uma parte de mim também se vai devido a importância que eles representam na minha formação cultural desde a mais tenra infância.

    Mesmo diante do pesar por tais perdas é reconfortante saber que esses grandes nomes continuarão vivos em cada um dos personagens, músicas e ou qualquer outra expressão artísticas, todas as vezes que revemos suas obras, porque eles estarão vivos nelas e em nossa memória afetiva e isso os faz sempre reviver e viver em cada um de nós.

    Parabéns pelo trabalho de todos do TDC.

  6. Excepcional Homenagem!
    Poderiam disponibilizar os links das homenagens anteriores?
    Eu tenho as de 2017, 2018, 2019 e agora 2020
    Grato

    1. Boa tarde, Savamu.

      Iniciei este projeto justamente em 2018, homenageando os saudosos astros que se foram em 2017. Portanto, não há outras postagens anteriores às que você já tem. Todas as que existem estão acessíveis na postagem através dos links “Veja também…”.

      Feliz 2021.

  7. Como é que vcs reduziram o Pietro Mário a somente dublador do capitão caverna??? esqueceram do Inesquecível CAPITÃO FURACÃO? Que influenciou toda uma geração, lançou a Elizângela, e que mesmo quase 60 anos depois do programa terminar é um dos trends top do google??? Tive o prazer de conhecê-lo pessoalmente em 2004 na lona cultural de Realengo por ocasião de um show da volta do Palhaço Carequinha aos palcos (imagina vc encontrar dois ídolos de infância)

    1. Ninguém reduziu ninguém à nada, amigo. Fiz apenas uma homenagem à estes grandes talentos que perdemos ao longo de 2020 e coloquei nas legendas (um espaço limitadíssimo) um ou outro exemplo dos inúmeros trabalhos executados por cada um deles ao longo das carreiras, muitas delas longevas e em mais de uma área de atuação.

      E você não se deu conta, mas você acabou menosprezando o trabalho de dublagem do Pietro no Capitão Caverna, personagem, e voz, adorados por gerações ao longo de décadas.

      Cada trabalho, cada atuação, cada dublagem, cada participação de qualquer um destes astros, por menor que seja, merece todo o nosso respeito e admiração. E o trabalho do grande Pietro Mário foi marcante e é importantíssimo para os fãs, seja atuando como Capitão Furacão, seja dublando o Capitão Caverna.

      Feliz 2021.

  8. Boa Noite Don, sou nostálgico, esse foi um belo trabalho de produção, parabéns. Há, mandei um filme raro pro teu e-mail, abraço.

Deixe uma resposta